Filmes e Séries para se (des)construir

Mulheres, histórias, potencialidades e reflexões reunidos em uma lista para você maratonar


Se você é fã de cinema, não vê a hora de chegar em casa para assistir um filme e está no caminho para se aceitar do jeitinho que é, esta seleção é pra você.


Dumplin’



Gênero: Comédia /Drama

Disponível em: Netflix

Duração: 1 hora e 50 minutos

Ano: 2018


Um filme sobre beleza, para além daquilo que estamos acostumados a ver em concursos. Dentre os contrastes entre mãe e filha, a força da autoaceitação.


Felicidade Por Um Fio



Gênero: Comédia Romântica

Disponível em: Netflix

Duração: 1 hora e 38 minutos

Ano: 2018


Grande parte da autoestima está atrelada ao cabelo, certo? Nesta produção, a protagonista vive a realidade de inúmeras pessoas fazem uso de procedimentos químicos. Entendemos o quão profunda é a estética pessoal e como a preocupação com ela interfere desde a saúde mental às tarefas cotidianas.


A Vida e a História de Madame C.J. Walker



Gênero: Série Dramática

Disponível em: Netflix

Duração: 1 temporada, média de 45 minutos por episódio

Ano: 2020


Espírito de empreendedorismo, exemplo de força e superação são características de Madame C.J. Walker. A minissérie apresenta o momento histórico da época, o reflexo do cabelo na autoestima, contexto econômico social e como fazer de uma dificuldade, uma oportunidade.


The Bold Type



Gênero: Série Dramática / Comédia

Disponível em: Netflix

Duração: 4 temporadas, média de 40 minutos por episódio

Ano: 2017


Tudo a ver com o PTDE, a série é bem humorada, com altas doses de amizade, autoestima e romance, pincelando desafios da vida pessoal e profissional. "The Bold Type" traz o contexto de uma revista feminina e faz a nossa equipe sonhar com a possibilidade da quebra de padrões estéticos, fortalecendo características individuais e a produção de conteúdo sobre diversidade, sem ditar regras e modelos.


Sexy Por Acidente


Gênero: Comédia

Disponível em: Telecine, YouTube, Google Play e Apple TV

Duração: 1 hora e 50 minutos

Ano: 2018



Apesar do título original retratar de forma certeira a alma da produção (I Feel Pretty - Eu Me Sinto Bonita), “Sexy Por Acidente” é um filme que encontra o equilíbrio entre a leveza e a reflexão, a complexidade e as sutilezas que acompanham os padrões estéticos, em especial na vida das mulheres. A protagonista passa a se enxergar ao ter mais segurança em si, mas tem que lidar com os desafios de saber quem é.


Frases como, “eu tenho coragem” e “eu sou capaz”, motivam o início do dia da personagem e mostram como a autoestima e a confiança estão diretamente ligados ao que sentimos, como agimos e acreditamos ser. Aprendemos que, por mais difícil que pareça, cada uma de nós determina o limite de nossa potência e das interferências externas.


Já assistiu alguma das sugestões acima? Lembrou de outra produção legal? Conta pra gente nos comentários :)






11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo